foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

26 de maio de 2014

SENTIDOS



Tela de Carla Peairo



(Para Dinah)



Trazias o mar na aurora ocidental dos teus lábios
a passar ventos e salsugens de toninhas e kiandas;

chegaste do mar, kalunga a cantar meu nome

e, estranhamente, no xinguilar dos dias
mordias bagos de jinguba nos dedos do olhar
a passar brisas a beijar ventos de kifufutila
doce veludo bailando no sopro sumaúma
soprado sobre a savana-púbis dourada do vento.



Namibiano Ferreira



Kiandas – Divindades das águas (mar, rio ou lagoa), ondina, sereia.
Kalunga – Mar, Deus e muitos outros sentidos (morte, infinito...)
Xinguilar – Ficar possuído pelos espíritos, ficar maluco.
Jinguba – Amendoim.
Kifufutila/Quifufutila – Doce com jinguba moída, açúcar, canela, etc

1 comentário:

António Eduardo Lico disse...

Bela poesia.
Boa semana.
Abraço.