foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

13 de março de 2014

ONDE O VENTO PASSA



A minha pátria é onde o vento passa
onde o vento manso ou furioso traça
serpentes de mar sobre o areal e a duna.
A rosa-dos-ventos florindo, afortuna
o chão árido, ouro do sul inteiro
silvando um grito hirto, certeiro
para na minha sede a saudade matar
nesse grito alto: meu Namibe,
eterno deserto que ainda não sei cantar.

   

Namibiano Ferreira



Baía do Namibe - fotos Portal de Angola

4 comentários:

Graça Pires disse...

Sabe cantar e bem esse "eterno deserto" que é o seu Namibe. Um poema muito belo. Uma baía lindíssima.
Abraço.

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Graça, obrigado pela gentileza.

Kandandu

Saadita disse...

zuinmmmmm é o sopro amigo do deserto!
Zuinmmmmm é o refrão do teu canto...
Saudações, já me verguei...

Paulo Seco

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Obrigado, Paulo, pela presença na Ondjira.