foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

11 de março de 2010

POEMA ASSIMÉTRICO - XICO BASTIAO -

-
Foto Joao Silva


Dormindo sob um Sol dado à morte
Xico Bastião sonha... ele é um soldado
e lhe disseram: soldado não sonha, mata!
Mas Xico Bastião sonha...
entre Zenza do Itombe e Ndalatando
há um kimbo à sua espera
e os braços doces de uma mulher
sua lavra massango, milho, mandioca
e no kimbo o riso monandengue do futuro
do fruto que ficou crescendo no ventre
vida da mulher dos braços doces...


Xico Bastião acorda no sobressalto
de obuses e murteiros e voz que lhe diz:
mata mata mata ou ficas estendido na mata,
a desconseguir a vida, o kimbo, a lavra e...
Xico Bastião mata para regressar no kimbo
a guerra é pessonha de kinhoka
e o sonho roto se diluindo na voz sem alma
das armas cuspindo fogo: kuta-mate-túbia
kuta-mate-túbia, tututúbia...
e os fiapos do seu sonho passam desfeitos
são, agora, um fogo-fátuo (soldado não sonha...):
lavra - larva (e) morte
lavrador - lavra (a) dor
e um desejo de chuva é lágrima no seu rosto
entre Zenza do Itombe e Ndalatando
ou em outro qualquer lugar
há sempre um kimbo à espera
de um lavrador transformado em soldado
e muitas vezes também
os braços doces de uma mulher...


Namibiano Ferreira, in Fragmensias . 12 . cekwi lavali


Kimbo - aldeia, sanzala.
Kinhoka - Cobra, palavra kimbundu.
Kuta-mate-túbia - literalmente: armas de cuspir fogo, kimbundu.

8 comentários:

BAR DO BARDO disse...

Forte, fortíssimo. E delicado. Mas isso não é um paradoxo.

Carmo disse...

Namibiano, para que as nossas memórias não se apaguem.

Não á Guerra.

Gostei muito do poema e obrigada por ser tão gentil nas suas visitas ao meu espaço

Beijinhos

Carmo

ogfs2008 disse...

Xico Bastião sonha, não mata! Seu sonho é mais forte que a realidade...por isso é que ainda acredito em muitos Xicos Bastiões de verdade!
Belo e sensível, como sempre.

Um abraço
Otelinda

Lisarda disse...

Belo e comovente poema: sonhar é a esperança que fica.
Quero aproveitar para perguntar-te qual é o significado da palavra "kimbo". Numa velha cançao argentina se fala de "um prato de kimbombó" e quisera saber se existe alguma relaçao entre os dois termos e a qué linguagem pertenecem.
Obrigado, um abraço.

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Bar do Bardo, obrigado pelo comentário. Tem toda a razao, o poema é forte mas delicado e, creio, a delicadeza está nos bracos doces da mulher amada.
Kandandu

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Carmo, nao á guerra, para nunca mais a guerra!!!
Kandandu e obrigado pelo carinho.

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Otelinda, obrigado pela visita e comentário. Como dizia António Gedeao: "o sonho comanda a vida".
Kandandu

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Caro Lisarda,

"É pelo sonho que vamos" dizia um outro poeta portugues, Sebastiao da Gama (?)creio... Gracias por su visita!
Quanto ao pedido de esclarecimento aqui fica: kimbo ou quimbo é uma palavra em idioma kimbundu, falado em Angola nas provincias de Luanda, Malanje, Kwanza Norte e Sul. O seu significado é aldeia (pueblo), sanzala.
Interessante esse prato de kimbombó, a palavra bombó (fuba/farinha bombó) serve para confeccionar fúnji, umas papas que sao a base da alimentacao em Angola, a fuba bombó é feita a partir da mandioca.
Grande kandandu.