foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

15 de setembro de 2009

METAMORFOSE

Múcuas, fruto do imbondeiro (baobá)


Hoje, nos braços suplicantes do Imbondeiro

pendurei canções... talvez orações.







...................................................... Amanhã, sei

eu serei propriamente

arvoremente

o Imbondeiro...

 
 
 
Namibiano Ferreira

4 comentários:

Moacy Cirne disse...

Aqui,
fauna e flora,
senso e sentimento,
poesia e poema,
tudo pode ser
novidade.

Um abraço.

nina rizzi disse...

namibiano,

chgeui aqui, através do balaio porreta. eu fiquei espantada (e gosto de me espantar) com a força poética de teus versos, ão carregado de lirismo e essa coisa afrcana tão própria de mim (e tão roubada também)...

parabéns, meu caro. e obrigada, obrigada por estes momentos que me proporciona. momentos de me achar um bocado.

um beijo :)

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Nina, seja bem vinda ao meu blog.
Obrigado por suas palavras...
Kandandu

líria porto disse...

a foto do imbondeiro me lembra uns versos antigos:

assim somos
líria porto

nossa humanidade consiste
em nos sentirmos tão fortes como o tronco das árvores
capazes de resistir às intempéries
e estarmos tão vulneráveis quanto a folha
que a qualquer momento
pode se desprender

***

angola livre!