foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

5 de fevereiro de 2010

EM ÁFRICA, O TEMPO

Tela de Carla Peairo (Angola) - blog angolaminha



Em África, o Tempo,
inda cheira e ressoa
àquele momento
inicial e singular
como se fosse
o abrir da primeira
página do Génesis
logo imediatamente
e depois
da primeira queimada.


Em África, o Tempo,
é como vento,
não se mede, não se conta.
O Tempo, vive-se
no riso, gorjeio
de cada dia
dádiva de chuva
caindo mansa
fartura de lavras
massangos
poemas e cantigas.


Namibiano Ferreira, in Tombwanamibilis.
 
 
Massango - variedade de cereal (sorgo).


5 comentários:

Maria Muadiê disse...

Em África é como era no Guaibim.
um abraço

Carmo disse...

Não conheço Africa, mas a vida deve-se renovar em cada segundo.

Um beijinho

Bom fim de semana

Carmo

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Martha e Carmo
Árica é um lugar belo e o melhor de África é o povo e a seu amor pelas coisas simples da vida.
Bjs

soninha. disse...

...fartura de poesia e calor!!bjs

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Exactamente: ÁFRICA!

Ewá!