foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

12 de novembro de 2009

LINO DAMIÃO – PINTOR ANGOLANO

As cores, o talento de um jovem pintor angolano. A pintura angolana promete e recomenda-se.






Nasceu em Luanda em fevereiro de 1977, trabalha sobretudo em pintura e gravura.

Muito cedo começou a desenhar e pintar, tendo frequentado o curso de desenho no Ex-Barracao o curso de pintura na UNAP e a primeira oficina de gravura também na UNAP.
Frequentou o atelier do grande mestre VICTOR TEXEIRA (VITEIX). E membro Fundador da cooperativa Pro-Memoria dos Nacionalistas e membro da União nacional dos artistas Plásticos. Participou em diversas exposições das quais se destaca a primeira bienal de jovens criadores da CPLP na cidade da Praia cabo-verde, 1999,a bienal de jovens criadores da CPLP, Porto 2001 Portugal, No projecto ArteModa-2002, oficina de criação com Kotas e Kandengues, no projecto Galarte no elinga teatro entre 2000 a 2006, trienal de Luanda etc.




Exposições Individuais



“Cores Cómicos e Contrastes” no Lebistrot Luanda-1999,
“Manchas o contornos “ Galeria Cenarius-2000
”Liberdade” No laboratório Nacional de Cinema Luanda-2002
Participa com mais dois artistas na exposição (Ritmos Coloridos) na galeria Humbiumbi no âmbito do programa na cidade jazz-2006
Reflexões na Associação 25 de Abril-2007
Recebeu o prémio de pintura de UNAP -1998, e mensao honrosa do Prémio Ensarte-1996
Participou como aderecista na peça teatral (Quem me dera ser onda) de autoria do escritor Manuel Rui-1999
Participou no workshop de arte moderna orientado pelo artista Hard Berge
Participou na pintura Mural da CUCA BGI, Banco Nacional de Angola e na baixa de Luanda sobre o eclipse total do Sol
Tem obras em colecções particulares em Luanda e no estrangeiro




Outras Actividades:


Organizou as seguintes exposições: Ritmos coloridos, no programa na cidade jazz na galeria Humbiumbi-2006
Organiza a exposição Shades of blues no centro cultural português ainda no âmbito do programa na cidade jazz-2005
Organiza Emoções do jazz da fotógrafa portuguesa Rita Reis na galeria Humbiumbi-2006
2007-Dentro do programa na cidade jazz, Exposição de pintura e fotografia das artistas Judy Ann Seidman e Rita Reis, Na galeria celamar 2007
Tem uma participação activa nos concertos de jazz que se realizam na cidade de Luanda uma vez fazer assistência da produtora de j.j.jazz desde 1990 com o critico de jazz Jerónimo Belo.

Texto retirado do blogue do pintor: http://linodamiao.blogspot.com/  onde também podem encontrar mais obras do autor.


Lino Damião

6 comentários:

Meg disse...

Caro Nami,

Encanta-me este pintor, mais uma bela surpresa.
Jovem e com tanto talento, que vou pedir-te permissão para utilizar as sua telas.
E não só.
A biografia já a levo comigo, ahaha!

Tem um bom fim de semana.

Um abraço

Carmo disse...

Namibiano certamente Angola terá muitos jovens talentos, alguns ainda por descobrir.
Gostei das cores, do traço do lápis.

Kandandu

Carmo

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Meg, mas nem precisas pedir. Divulgar a arte e a cultura angolanas é um dos novos propósitos deste blogue.
Kandandu

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Carmo, realmente Angola tem e terá muitos talentos, a Paz irá possibilitar ainda mais.
Obrigado.
Kandandu

Rosita de Palma disse...

Bom dia Namibiano (não canso de dizer)

Conheci o Lino, e tive oportunidade de trabalhar com ele.

Aprecio as sua qualidades pessoais e profissionais, não tenho contacto ja ha algum tempo, mas credito que esteja bem, e fazer sucesso.Desejo o melhor para ele.

Talento? tem que chegue!


Kandandu!

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Rosa, descobri o Lino através do seu blogue há 2 ou 3 anos e desde aí estou inteiramente apaixonado pela sua obra, pelo seu traco e pelas cores que tao vibrantemente imprime á sua pintura. Um outro pintor amigo, Mário Tendinha, natural do Namibe mas radicado em Luanda, também me falou dele como pessoa extraordinária. Gostava muito de o conhecer. Os pintores sao poetas de cores, formas e texturas...

Obrigado pelas tuas visitas,
Kandandu