foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

10 de novembro de 2009

KANDANDU - ABRAÇO

Porque amanhã é dia da Dipanda (Independência), aqui fica um kandandu mwangolé (abraço angolano) para todos os leitores de Ondjira Sul.


Axiomas fervilham na nudez
luzidia das raízes dos dedos
e o sol, semba da madrugada,
pai da Liberdade, acorda
a Nação no âmbar rútilo
do Leste-Moxico a cantar
a rosa-dos-ventos todos
como de fosse um semba
rubro, kandandu sincero,
abraço a trazer Cabinda-Kunene
vento aberto de par em mar
na palma livre do peito e da alma.


Namibiano Ferreira
 
 
Muito obrigado pelas vossas visitas e comentários.

9 comentários:

Moacy Cirne disse...

Desde já,
o meu kandandu amigo.
Tudo de bom e do melhor
para a Angola amada.

Um grande abraço
carioca-seridoense-brasileiro.

xistosa - (josé torres) disse...

Só tenho um desejo.
Voltar ao Sul de Angola.
Que o caminho seja o do desenvolvimento do povo.
Kandandu!!!

Moacy Cirne disse...

No Balaio de hoje,
lembro o dia da
independência angolana.

Kandandu/abraço.

Madalena disse...

Um abraço solidário.

clarice ge disse...

Um hino a liberdade este poema.
Que Angola e todos os povos do mundo respirem liberdade amor e fraternidade sempre.
Kandandu sincero desde o sul de Brasil

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Moacy, obrigado e aquele kandandu forte á angolana.
Viva Angola!

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Xistosa, que assim seja: "Que o caminho seja o do desenvolvimento do povo."
Kikale Ngó!!
Viva Angola!

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Madalena, abraco/kandandu para si também.
Angola em PAZ, sempre!!

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Clarice, obrigado.
"Que Angola e todos os povos do mundo respirem liberdade amor e fraternidade sempre."
Kikale ngó! (Assim seja!)

Kandandu