foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

5 de fevereiro de 2009

BAILADO

Tela de Pascoal Manuel Duango (Angola)





Nos versículos claros da manhã


escrevo os versos proféticos


dos braços verdes de Ombera:


massango


mandioca


milho


massambala.


E depois, venho pela tardinha,


com o peito cheio de versos


pendurar múcuas negras de vida


nos braços alucinados dos imbondeiros...



Namibiano Ferreira

1 comentário:

Janaina Amado disse...

Gostei deste poema. Tão angolano... tão brasileiro. Abraços.