foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

30 de setembro de 2008

QUITANDEIRA AO SOL



Foto Net



Passeio os olhos pela grande planície do sol ao meio dia.


As sombras não existem:

o sol cai a pique, diluindo-se em luz e calor.

São sinais tropicais, tangências equatoriais.

O mercado, imenso cambriquito, dorme no banho lavado de sol,

lençol estendido envolvendo cores, pregões e odores.

Uma quitandeira teima em apregoar milagres,

os milagres para todos os males... esperanças anseios e desejos

mas o seu pregão – prece chorada – não traz na voz

o milagre para grandes males; não tem na voz os milongos da Paz.



Namibiano Ferreira





















Porque hoje é dia das quitandeira em Angola!

1 comentário:

Amarilis disse...

Olá Nami
Não sabia da existência do dia da quitandeira, mas esta trouxe-me à memória alguns sons... é lanranjé, laranjé sinhora!!
Saudades...
Um abraço
Laura