foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

4 de setembro de 2008

NUNCA ME ESQUECI QUE VIM DO SUL






Para o amigo Caio Eduardo (Brasil)



Vimos todos do Sul, de onde partimos
nesta aventura que é a VIDA,
roda a girar sem nunca parar...
Infelizmente há quem esqueça que vimos do Sul...
Todos do Grande Sul!!
Nunca me esqueci que vim do Sul,
meu kamba, nunca esquecerei
que vim do Sul, do Sul, além ao Sul do Sol
mar azul a rasgar a cantar calema
nu tecido molhado, alma de Kianda!



Namibiano Ferreira
(Depois de ler Flor de Milho de Jorge Arrimar)


Lynn, 04/09/2008


Kamba - amigo.
Kianda - divindade das águas, habitualmente traduz-se por sereia.


























Sem comentários: