foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

14 de junho de 2010

NAVEGAR

Kissanje

Os dedos dedilham
harpas ou kissanjes 
espírito eterno e palavras.
Eu não sei realmente
quem os comanda
e a poesia navega
por entre velames de mim
e dos muitos barcos
distintos onde aportei
naveguei o mesmo mar
antigo mas de périplos
sempre distintos.


Depois de cada desembarque
escolho um outro barco
para nele voltar a navegar
por entre velames de mim
-dedilhando harpas ou kissanges-
solto dedos eternos e poesia...


Namibiano Ferreira

4 comentários:

cirandeira disse...

Vais navegando, temperando com mãos
de artista e coração de poeta!
Muito bom o teu poema. Que continues navegando pelos mares da
vida, descobrindo novas melodias...

Gostei muito da imagem que usaste para ilustrar o poema.

Kandandu

P.S: não conseguí ler o que está escrito no cabeçalho. Que tal ir lá no "fontes e cores" do lay out?

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Cirandeira, obrigado. Mudei a foto do topo e dei conta que ouve alteracoes aqui na Blogger e agora tenho que estudar isto de novo, para além da falta de tempo, há o factor de actualizar-me ás novas mudancas. E para mim leva o seu tempo...

Kandandu

viajantes disse...

lindo poema sempre com o cheiro da terra hoje ao som do quissange.
Obrigada.
É sempre bom passar por aqui.

Zélia Guardiano disse...

Lindo demai, demais, demais...
Grande abraço