foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

15 de julho de 2009

SENTIDOS

Mussulo (Luanda)



Para Dinah




Trazias o mar na aurora ocidental dos teus lábios
a passar ventos e salsugens de toninhas e kiandas;
chegaste do mar, kalunga a cantar meu nome
e, estranhamente, no xinguilar dos dias
mordias bagos de jinguba nos dedos do olhar
a passar brisas a beijar ventos de kifufutila
doce veludo bailando no sopro sumaúma
soprado sobre a savana-púbis dourada do vento.


Namibiano Ferreira




Toninhas – Golfinhos.
Kiandas – Divindades das águas, sereia.
Kalunga – Mar, Deus e muitos outros sentidos (morte, infinito...)
Xinguilar – Ficar possuído pelos espíritos, ficar maluco.
Jinguba – Amendoim.
Kifufutila/Quifufutila – Doce moído com jinguba, acucar, canela, etc

6 comentários:

Janaina Amado disse...

Namibiano,
Fiquei tomada pelo sussurar do seu poema, pelo seu lindo ritmo. Não quis ler ainda a tradução das palavras, por enquanto ficarei ouvindo só o assobiar da salsugem.

kinaxixi disse...

Obrigado pelo comentário. Penso ficar autorizado a publicar poemas seus no blogue.
Um abraço

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Obrigado, Janaina, suas palavras sao alento para continuar.
Kandandu

NAMIBIANO FERREIRA disse...

"Penso ficar autorizado a publicar poemas seus no blogue."
Kinaxixi,
concerteza que sim, creio nao preciso de lhe referir os referidos créditos ao meu nome e blogue. Muito obrigado!!
Kandandu

JOSÉ RIBEIRO MARTO disse...

Namibiano ,
que maravilha esta sua música .
Baixei o som para o ler , mas há vocábulos que desconheço ... Gostei ,sei lá explicar ...
Abraço, poeta
_________ JRMarto

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Obrigado pelo comentário, volte sempre que quiser. As palavras angolanas encontram-se traduzidas em nota de rodapé, quando nao me esqueco de as traduzir.
Kandandu