foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

27 de junho de 2009

SAVATE



Foto de Alexandre Correia

                                                                                    (Para os meus pais.)

O âmbar da madrugada dançava

na labareda incendiada da fogueira...





toda a noite os elefantes

fizeram ouvir suas trombetas;

e os homens fizeram ouvir suas ngomas

coração vibrando na pele da pacassa

a batida cadente de mãos hábeis e fortes

enchendo a noite do Savate

da mais pesada e lúgubre sinfonia

espantando das lavras, futuro da fartura,

os famintos paquidermes invasores.





E a manhã acordou cansada sonolenta

no vestir mangonheiro do âmbar matutino

alinhavando perfumes de mais um dia de viagem.



Namibiano Ferreira



Savate – localidade na província angolana do Cuando-Cubango, na estrada que liga Menongue ao Cuangar (Calai, Dirico, Mucusso...)


Pacassa – Búfalo da floresta, (syncerus nanus).
Nota: Oficialmente a palavra pacassa é grafada pacaça mas eu prefiro escrevê-la com ss.

10 comentários:

Angola Debates e Ideias- G. Patissa disse...

Caro Namibiano Ferreira, venho retribuir o prazer da sua visita no blog www.ombembwa.blogspot.com

E, uma vez lido seu perfil, fiquei (mais) contente por descobrir que afinal é Namibiano de cá mesmo (das dunas de Moçâmedes) e não da Santa-Clara para lá.

Twapandula calua, kuenda tukulavoka vali! (Muito obrigado e aguardamos por mais visitas suas!)
Gociante Patissa

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Meu caro Gociante Patissa, obrigado pela sua visita, será um prazer recebe-lo aqui na minha poesia. Sim sou do lado norte do Kunene.

Twapandula!!!

Volte sempre.

Janaina Amado disse...

Namibiano, belíssimo este poema da noite dos elefantes. Fiquei fascinada por ele, sem vontade de deixá-lo.

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Obrigado, Janaina.
Nao esperava que este poema cativasse alguém porque se inspira numa vivencia muito pessoal. Mais uma vez muito obrigado e volte sempre.

Fatima disse...

Aprendo muito com vc!
Abrs.

Fatima disse...

Namibiano,
sempre aprendo muito quando visito seu blog.
Abrs.

Fatima disse...

Tem homenagem para vc lá no meu blog.
Abrs.

Alexandre Correia disse...

Olá Namibiano!

Lembro-me bem dessa enorme recta. É na estrada que vai da Barra do Dande para N'Zeto, subindo para norte. próximo da costa angolana. É uma imagem que casa muito bem com o seu poema. Curiosamente, a última história que publiquei n'asviagensdealex.blogspot.com foi passada num local onde cheirava imenso a pacassas. Mas, infelizmente, não vi nenhuma...

Abraço,

Alexandre Correia

NAMIBIANO FERREIRA disse...

"Tem homenagem para vc lá no meu blog."

Fátima, muito obrigado pela homenagem. Agradeco do coracao.
Kandandu!!!

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Alexandre, obrigado pela visita e comentário.
Kandandu angolano!!!