foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

31 de outubro de 2008

IMPÉRIOS



Todo o império

é uma metáfora

expressa de violência.

É um choro,

um desejo amordaçado

de sol e liberdade.



Por isso,

seja de manhã

ou de tarde

todo o império

é um Golias

nauseabundo

caído no chão.



Namibiano Ferreira

2 comentários:

Moacy Cirne disse...

Sim, todo e qualquer império é sinônimo e metáfora de violência. Mas esperemos que, neste momento, o império americano seja sacudido, nem que seja parcialmente, por uma transformação. De resto, gostei de seu poema. Um abraço.

Maria Muadiê disse...

Muito bom, Namibiano. Adorei.