foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

15 de outubro de 2008

HOMEM

Lucas Cranach, o Velho, Adão e Eva (1531). Staatliche Museen, Berlim





Filho de Adão e por Eva parido,


escuta: dos Deuses nada esperes.


Grandes e pequenos todos dormem


e tu ages no limbo verde de tua Liberdade.





Namibiano Ferreira



4 comentários:

cassije_msc disse...

Navegando pela internet, em sítios portugueses, descobri o seu blogue. Aos poucos, estou vendo a sua poesia. Gostaria de publicar o 'Afro-dite' no Balaio Porreta, que edito no Rio de Janeiro. Com os devidos créditos, naturalmente. Um abraço.

Moacy Cirne disse...

Epa, houve um problema. Não percebi que a "conta" era do Cassije. Agora, sim, o endereço do blogue deve aparecer corretamente.

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Caro Moacy dou permissao para Afro-Dite viajar até ao Balaio Porreta.
Abracos.

Moacy Cirne disse...

Grato, devo publicá-lo no próximo domigo, ou na segunda, junto com a tela de Tho Simões. Um abraço do lado de cá do mar.