foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

8 de outubro de 2013

MON'AMI (Meu Filho) - N'GOLA RITMOS

N'gola Ritmos e a voz da saudosa Tia Lourdes (Lourdes Van-Dunen)



MON’AMI

Talenu ngo! O kituxi ki ngabange?
Talenu ngo! Maka mami ma jingongo!
Ngexile kya ni an'ami kiyadi.
Nzambi k'andale. Ngaxala ni umoxi.
Ngibanga kyebye?! Ngaxala ngoe ni umoxi!

Ngibanga kyebi? O kituxi ki ngabangye?!
Mona wambote wajimbirila.
Ngidila ngoe! Ngibanza ngoe! Ay, mon'ami!


A tradução da minha (Fernando Ribeiro) lavra é como segue:

Vede só! Que pecado cometi?
Vede só! As minhas palavras de dor!
Já tive dois filhos meus.
Deus não quis. Fiquei com um.

O que faço?! Fiquei só com um!
O que faço? Que pecado cometi?!
Um filho lindo se perdeu.

Só choro! Só penso! Ai, filho meu!

2 comentários:

Fernando Ribeiro disse...

Caro Namibiano,
Acredita que me lembro de ter visto esta atuação perante as câmaras da televisão naqueles já tão longínquos tempos?! Não tenho uma memória muito nítida do acontecimento, é certo, mas lembro-me!

Os Ngola Ritmos, nesta sua digressão à metrópole colonial, vieram agitar o marasmo musical que cá se vivia. É verdade que então já se ouvia por cá alguma música angolana, interpretada por Sara Chaves, Eleutério Sanches, Duo (temporariamente Trio) Ouro Negro, etc. Mas era uma música que tinha influências europeias mais ou menos acentuadas. Era música mestiça, chamemos-lhe assim. Agora semba de verdade, cem por cento africano, esse foi só o conjunto Ngola Ritmos que o trouxe. E fez um enorme sucesso, pode crer.

Eu já publiquei este vídeo no meu blog há muito tempo e cometi o atrevimento de transcrever a letra da canção e, pior ainda, de o traduzir, valendo-me dos meus cada vez mais reduzidos conhecimentos de kimbundu. Como a letra é muito simples, julgo que o consegui sem fazer muitas asneiras. A letra é a seguinte:

Talenu ngo! O kituxi ki ngabange?
Talenu ngo! Maka mami ma jingongo!
Ngexile kya ni an'ami kiyadi.
Nzambi k'andale. Ngaxala ni umoxi.
Ngibanga kyebye?! Ngaxala ngoe ni umoxi!

Ngibanga kyebi? O kituxi ki ngabangye?!
Mona wambote wajimbirila.
Ngidila ngoe! Ngibanza ngoe! Ay, mon'ami!

A tradução da minha lavra é como segue:

Vede só! Que pecado cometi?
Vede só! As minhas palavras de dor!
Já tive dois filhos meus.
Deus não quis. Fiquei com um.

O que faço?! Fiquei só com um!
O que faço? Que pecado cometi?!
Um filho lindo se perdeu.
Só choro! Só penso! Ai, filho meu!

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Caro Fernando,

Já publiquei este vídeo aqui no blog mas na altura publiquei através de um outro site, a Multiply, que entretanto fechou e a postagem, neste blog, deixou de conter o vídeo, por isso voltei a publicá-lo.
Obrigado pela traducao.

kandandu