foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

9 de agosto de 2011

CHUVA NO DESERTO


Ninguém sabe a sofreguidão
que é a chuva no Deserto…
A vida que se prende sequiosa
em cada lágrima bendita
doce pérola d’Ombera
tamborilando prata a cantar
o princípio divino de todas
as coisas futuras da fartura
sempre escassa a crescer
vento e poeira e tempo…


E a gentes do Namibe
–vestindo cacimbos e sonhos–
rezam cantando abençoando
a chuva nos lábios-lagos
molhados d’Ombera…


Namibiano Ferreira

2 comentários:

Celina Dutra disse...

A energia e a paixão da sua poesia fazem bem pra minha alma. As forças positivas do universo continuem inspirando você.

Girassóis nos seus dias.
beijos

DECIO BETTENCOURT MATEUS disse...

Nice Namibiano. A poesia continua viva. Continua acontecendo.