foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

29 de setembro de 2010

DESTINO

Kwanza Sul - Foto Alex Correia

Quando nasci
o Kilamba* das Kiandas
me deu o Astrolábio
verdadeiro do céu e do mar
– Hulu e Kalunga – **
de marcar ondjira*** na terra
e eu tenho de te cantar
e eu tenho de me perder
nos vincos dourados
onde a calema fala...

Namibiano Ferreira
 
*Sacerdote do culto da Kianda (Sereia).
**Céu e Mar.
***Caminho.

3 comentários:

xistosa - (josé torres) disse...

Há muito que não vinha a esta casa.
Andei por aí a passear.
Fiquei impressionado com a foto do blog.
É em Angola?
O poema é a delicada (in)segurança da calema.
Muito bom.

Um bom domingo e um abração.

Janaina Amado disse...

Namibiano, enviei o comentário abaixo, como e-mail, para todos os amigos que fiz na internet. Como não encontro seu e-mail, transcrevo-o abaixo, neste local reservado a comentário. Xaxuaxo!

Queridos amigos,
Peço desculpas pelo silêncio de tanto tempo na net. Estou suspendendo temporariamente meus blogs, postei texto explicando as razões. Mas JAMAIS suspenderei a amizade de vocês! Muito obrigada por ela e por tudo de bom que têm me proporcionado, nos seus blogs e ao vivo. Abraço carinhoso da
Janaína

LIGIA disse...

Namibiano, poeta querido, entrei hoje dia 22/5/11 no teu blog que riqueza, estou encantada és um encanto porque encantas. Anoto não somente a musicalidade, na composição dos poemas como as palavras que desconheço (expressões) somos parentes, na língua, né? Peço permissão ao ilustre compositor e poeta para frequentálo, desde já gracias.Ligia