foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

23 de abril de 2010

FERNANDO CATERÇA VALENTIM - PINTOR




Valentim, é o nome artístico do angolano Fernando Caterça Valentim. Nasceu na Gabela, província do Kwanza Sul, no dia 5 de Maio de 1950.
Valentim foi aluno do pintor angolano Luzolano João de Deus, desenvolveu a sua arte mostrando a paixão pelos motivos angolanos. É membro da UNAP – União Nacional de Artistas Plásticos – desde 1977 e da Sociedade Portuguesa de Autores, em Portugal.
Valentim luta pelo crescimento da sua arte e da sua expressão artística, aprofundando os seus conhecimentos técnicos também, sendo referido no catálogo da IV Bienal da Arte Bantu, realizada em Libreville-Gabão pelo CICIBA, como um dos grandes pintores angolanos.
Está presente em várias exposições nacionais e internacionais, como é o caso de França, Inglaterra, Portugal, Itália, Argélia, Brasil e Egipto. Em Angola, a sua obra já viajou por Benguela, Huíla e Luanda. Em 1985, esteve presente na Exposição Internacional de Arte Bantu, organizada pela CICIBA.
As suas obras mais emblemáticas e de maior expressão mediática são “Lágrimas da Negra” e “O Sol Negro”. A primeira foi doada à galeria de pintura Naif Podgorica – ex-Titograd – e representou Angola na Exposição de Arte dos Países Não Alinhados, no Cairo - Egipto. A famosa tela, “O Sol Negro” encontra-se no Museu da Torre Nabemba, em Brazzaville, na República do Congo.

A sensibilidade artística conduziu-o à publicação do livro de poemas “Sentimentos” em 1993.
Em Julho de 1994, Valentim é o vencedor do grande prémio Presidente da República do Congo, na V Bienal de Arte Bantu Contemporânea, realizada em Brazzaville e promovida pelo CICIBA, com a sua obra “A Aurora”.
Multifacetado, o pintor frequentou também o curso de pintura de azulejos, na escola Inatel, nos anos de 97-98. A exposição “O Paraíso das Pérolas”, dedicada aos azulejos, desenhos e à pintura de Valentim, foi um êxito em Portugal, no Lagar do Azeite em 1998.
Durante vários anos, foram muitas as exposições nacionais e internacionais, que deram e dão vida à arte de Valentim, «…que é hoje um dos grandes pintores angolanos».

8 comentários:

cirandeira disse...

Trabalho de forte expressão, muita vida e muita beleza!
Parabéns para esse grande artista e
muito obrigada por nos mostrar mais
um excelente artista angolano, Namibiano!

Um bom final de semana

Kandandu

Carmo disse...

Namibiano fim desejar-lhe um bom fim-de-semana nesta tarde que antecede o 25 de ABRIL

Beijinhos

Janaina Amado disse...

Gostei das imagens de Valentim, para mim são fortes e intrigantes.

Janaina Amado disse...

PS - Adorei a nova imagem de abertura do blog.

Rosita de Palma disse...

Bom dia Namibiano,

Não conhecia o pintor, e acho o seu trabalho muito lindo.

Kandandu!

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Para todos o meu obrigado. Gosto imenso da pintura de Valentim. Para além da cor há a força/sangue/vida da terra africana... Belo!!

A imagem que abre, actualmente o blog é a flor do imbondeiro (baobá)
Kandandu
Namibiano Ferreira

INFETO disse...

Cara parab´nes pela divulgação de tantos trabalhos maravilhosos e com tamanha variação. Abraços

http://poesiafotocritica.blogspot.com/

Anónimo disse...

faleceu este ano, grande perda