foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

20 de fevereiro de 2008

O TEMPO O VENTO E A CHANA...
























O homem é só mesmo um grão de nada
no meio da chana
.

Pensamento de Sekulu do Moxico.


Não anda em círculos
ou espiral, o tempo.

Avança! Avança sempre
como espada recta crescendo.


É uma chana sem fim
o tempo,
sem floresta para cercá-lo
e como todas as chanas
tem vento
vestindo brisa ou garroa
levantando calemas de muxitos.





Namibiano Ferreira










4 comentários:

xistosa disse...

Comentário deixado no meu blog: (na postagem sobre as flores da welwitschia mirabilis

"Blogger Fatyly disse...

O Namibiano será mais um local a visitar e neste já espreitei outro com o cheiro da minha terra vermelha:)

Obrigado:)

22-02-2008 19:09

JaCk disse...

nice blog !!

greetings from Italy :D

xistosa disse...

Já lhe roubei isto.

Kandandu!

Guru Martins disse...

...Salve, salve simpatia!!!
Passeando na internet
topei com a força austral,
ancestral e de muito astral.
Do Rio de Janeiro, com o Axé
do Brasil e do Balaio de letras
e outras do Guru, saúdo
meu compadre e adiciono seu link
se for de sua permissão, pois voce
é dos bons.

Aquele abraço