foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

18 de agosto de 2007

MOMENTO



Depois da chuva brava relampejante,

brilha o sol espelhando lagoas

de barros vermelhos diluídos

nas águas das chuvas empoçadas

sobre ruas sem asfalto

onde chapinham brincando descalços

meninos negros, brancos e mulatos.





Ao fundo, na estrada longa para o centro da cidade

caminham quindas brancas de crueira em fila

sobre negras carapinhas de mulheres

levando seus filhinhos na cacunda adormecidos.



Namibiano Ferreira

2 comentários:

Cláudio Frota disse...

Daqui é o Cláudio Frota que trabalhou no Pereira Simões em Porto Alexandre. Estou atento ao que escreve. Diz muito da Alma e da Terra com grande calor e muito sentimento.Parabéns. Cláudio Frota

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Ola Claudio, muito obrigado pela sua atencao, da-me alento para continuar ainda que a hipotese para publicar um livro esteja ficando cada vez nai longe. E' importante saber que ha' quem goste do que vou escrevendo. Um grande abraco.
Namibiano