foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

19 de agosto de 2008

CALEMA CALEMBA SEMBA








Enrolas furiosa as areias da saudade

assim como quem beija os pés da terra longe.



Brava e selvagem resplandesce, no entanto,

ternura nesse teu bailado de organza

e espumaçucenandele recortada de finos arabescos.



Furiosa beijas continuamente os pés da terra longe...

sempre e cada vez mais longe...

queria os teus beijos loucos e furiosos sobre o meu corpo

queria as tuas ondas impiedosas e fortes quebrando-se

sobre meu corpo, praia e terra onde vais marulhando

sem cessar num ritmo falado e cantando e dançado:

calemba mar semba mar...

semba mar calemba mar...

marsemba calemba sobre meu corpo própria

terra que beijas no longe-longe choro e fala que diz:

calemba mar semba mar...

semba mar calemba mar...



Namibiano Ferreira