foto: Jorge Coelho Ferreira

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA

POEMAS DE NAMIBIANO FERREIRA
Click na imagem!

6 de novembro de 2006

PARA LÁ DO ASFALTO...

(Musseque em Luanda)





Outrora
para la do asfalto
eram areias e areais sem fim
onde sonhos sonhados baixinho
eram utopias e esperancas
ao sabor rubro-negro do vento.

Outrora
para lá da riqueza
eram areias e areais sem fim...
reprimidas para além da cidade e do asfalto.
Outrora foram brisas verdes
ao sonho rubro-negro do vento.

Hoje,
depois de sonhos desfeitos e dias-noites guerra
ainda te consomes e perdes
sobre areias e areais sem fim
e eu vejo, cheiro, sinto:
tantos, tantos MISSEKE!


  




Musseque - bairro de lata, favela.
Misseke - plural da palavra musseque em Kimbundu (uma das linguas nacionais
de Angola)




Namibiano Ferreira


In Resist(ir) Assim - Poesia a Doze
Editorial Minerva - 1999